Esportes

Em lista com Neymar, Cristiano Ronaldo lidera ranking dos que mais arrecadam com o Instagram

Crédito: Reprodução/Instagram

Um levantamento do site “Buzz Bingo” Cristiano Ronaldo é a personalidade que mais lucra no Instagram, ganhando mais com postagens na rede social do que jogando na Juventus. A pesquisa mostra o craque português em primeiro lugar e o jogador brasileiro Neymar em 8º, conforme apuração do jornal Extra.

O jogador de 35 anos também é quem tem mais seguidores na rede social, com 222 milhões. De acordo com a pesquisa, CR7 arrecadou R$ 259 milhões com 43 publicações patrocinadas nos últimos 12 meses.

Ronaldo ganhou R$ 88 milhões a mais na rede social do que no seu clube. Antes dos cortes por causa da pandemia, o português tinha um salário de mais de R$ 170 milhões na Juventus. O craque aumentou ainda mais seus ganhos na rede em relação ao ano passado, e cobra cerca de R$ 6 milhões por post.

Na lista dominada por atletas, Lionel Messi é o segundo colocado, ganhando R$ 158 milhões no Instagram. Neymar ficou em 8º, cobrando quase R$ 4 milhões por post e com lucro de R$ 42 milhões no último ano. O top-10 tem ainda David Backham e Zlatan Ibahimovic como famosos que mais ganham.

Enquanto aguarda a retomada da atividade, a estrela portuguesa doou US$ 1,8 milhão a hospitais em Portugal para ajudar a combater o coronavírus. Ainda de acordo com o Goal, o futuro de CR7 voltou a ser especulado no meio da crise, mas a Juventus fará todo o possível para não perdê-lo.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ Fundador da Ricardo Eletro e filha são presos em operação contra sonegação
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior