Esportes

Em jogo lento, Atlético-MG vence Brasiliense e avança na Copa do Brasil

Time mineiro, que havia vencido o primeiro jogo, ganhou também o segundo, jogando no Kléber Andrade, em Cariacica

Em jogo lento, Atlético-MG vence Brasiliense e avança na Copa do Brasil

Neste domingo, em partida válida pelo jogo de volta da terceira da Copa do Brasil, o Atlético-MG venceu o Brasiliense, pelo placar de 1 a 0, em Cariacica, no Espírito Santo. Com o resultado, somado ao 3 a 0 do jogo de ida, o alvinegro se classificou às oitavas de final da Copa do Brasil.


O JOGO:

Com vantagem tranquila, que foi construído no Mineirão, o Atlético, que foi escalado com um tempo alternativo, começou com um ritmo muito lento. O Brasiliense, por sua vez, optou pela marcação em bloco ao lado.

Esse contexto, ocasionou um primeiro tempo, no qual Sávio, atacante alvinegro era um jogadorinu e, após valo do Jacaré, Fábio Go lentomes, que, de cabeça, abriu o placar.

Na primeira metade, pouquíssima produtividade. O Galo, apesar de posse de bola, não era nenhum pouco intenso e, sem se desgastar, teve atuação e suficiente para ampliar a vantagem.

Na segunda etapa, mesmo cenário. O Atlético-MG detinha a posse de bola e tinha o resultado controlado, enquanto o tempo mandante não fazia questão de se lançar ao ataque. Jogo tranquilo para o tempo de Turco Mohamed, apesar da pouca inspiração.

Na metade de partida no tempo complementar, Turco Mohamed por alterar a tática, retirando um dos zagueiros, Réver, e três esquemas Guilherme Castilho, meio-campista.

Mesmo com a distinção sem tática, o Galo continuous muitas oportunidades, muito nas transições e coube, somente, esperar o fim de jogo. Com a classificação, o alvinegro garante uma premiação de R$ 3 milhões.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

BRASILIENSE 0X1 ATLÉTICO-MG
Data: 22 de maio de 2022
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Douglas Marques das Flore (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
Cartões amarelos: Igor Rabello (CAM), Radamés (BRA), Bernardo (BRA) e Andrezinho (BRA).
Gols marcados: Fábio Gomes, aos 17’/1ºT (0-1).

BRASILIENSE (Técnico: Celso Teixeira)

Edmar Sucuri; Andrezinho, Badhuga, Keynan e Goduxo; Aldo, Radamés (Wallace, aos 32’/2ºT), Daniel Alagoano (Matheus Barbosa, aos 30’/2ºT) e Zotti (Bernardo, aos 13’/2ºT); Luquinhas (Tobinha, aos 13’/2ºT) e Marcão (Hernane Brocador, aos 13’/2ºT).

ATLÉTICO-MG (Técnico: Turco Mohamed)

Rafael; Mariano, Igor Rabello, Réver (Guilherme Castilho, aos 18’/2ºT), Diego Godín e Rubens (Ademir, aos 25’/2ºT); Otávio (Neto, aos 32’/2ºT) e Calebe; Eduardo Sasha (Felipe Felício, aos 25’/2ºT), Sávio (Guga, aos 32’/2ºT) e Fábio Gomes.