Esportes

Em jogo equilibrado, Remo e Vitória não saem do zero

Partida foi válida pela 4ª rodada do Brasileirão Série B


Mais um grande jogo pelo Brasileirão Série B aconteceu nesta quarta-feira, 16. Assim, pela 4ª rodada do torneio, o Remo recebeu o Vitória, no Estádio Baenão, em Belém, no Pará. Com as duas equipes bem equilibradas, o 0 a 0 marcou o placar, com cada um dos times somando apenas um ponto cada.

Com o empate, tanto o Remo quanto o Vitória deixaram de subir ainda mais na tabela. Dessa forma, os paraenses voltam a campo no sábado, 19. Jogando na Ressacada, em Santa Catarina, encontram o Avaí. Enquanto isso, o Vitória, em casa, encontra o Brusque.

VITÓRIA PERIGOSO
As equipes começaram se estudando bastante, aparecendo bastante equilibradas. Contudo, foi um primeiro tempo truncado e de pouca criação. Assim, o primeiro susto partiu do Vitória, aos 8. Em jogada ensaiada, Soares cobrou falta da intermediária e rolou para Pablo. O jogador cruzou para David na linha de fundo, mas o camisa 7 não conseguiu cabecear. Os baianos chegaram logo depois, em cruzamento de Pablo, onde Samuel cabeceou. Contudo, estava impedido.

GRANDES CHANCES
Demorou, mas os donos da casa conseguiram se encontrar em campo. Aos 15, tiveram um das melhores chances. Thiago Ennes bateu da direita, em uma tentativa de cruzamento. Lucas Arcanjo, porém, ficou com a bola. Como resposta, Samuel tentou de fora da área, mas o goleiro Vinícius salvou no canto.

O Remo voltou a assustar aos 29, quando Jefferson arrancou em velocidade e mandou uma bomba para o gol. A bola foi para fora. Além disso, os mandantes ainda tiveram uma grande chance no final da etapa. Rafinha rolou para Jefferson, que mandou para o gol. Lucas Arcanjo defendeu.

VOLTA MOVIMENTADA
Com menos de dez minutos de jogo, os times voltaram com tudo. Aos 6 minutos, Guilherme Santos teve um chute defendido. Na sequência, o jogador recebeu de Pablo, mandando outra bomba. A bola ficou com Lucas Arcanjo. Logo depois, foi a vez de Gabriel Inocência tentar. O jogador se livrou da marcação de Rafinha e cruzou, mas foi para o lado de fora da rede.

JOGO TRUNCADO E POUCO PERIGO
O Remo só foi reaparecer e assustar o Vitória aos 24. Em jogada, Jefferson roubou a bola na direita e invadiu a área. O jogador aproveitou para driblar a defesa, mas bateu em cima de Lucas Arcanjo. Seis minutos depois, Lucas Siqueira arriscou da entra da área, acertando o pé da trave.

O Vitória ficou mais apagado, se fechando para o ataque remista. Assim, em uma das poucas chances que teve para assustar, os baianos chegaram aos 34, com Eduardo. O jogador aproveitou uma sobra e bateu com a canhota. Vinícius defendeu.

O MELHOR FICOU PARA O FINAL
As melhores chances da partida foram já no final. Depois de uma cobrança de lateral de Thiago Ennes, o Remo começou no ataque depois de um bate-rebate. No meio da confusão, Cariús mandou para o fundo das redes. No entanto, o atacante estava impedido. Pelo lado do Vitória, aos 45, Dinei recebeu na área e rolou para Guilherme Santos, que girou e bateu no canto. Vinícius conseguiu impedir o gol rubro-negro.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Os 5 piores problemas de morar em apartamento pequeno
+ Carol Portaluppi posta foto com novo visual no dia em que o Flamengo venceu o Corinthians
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago