Mundo

Em discurso,Elizabeth II afirma que coronavírus será vencido

LONDRES, 06 ABR (ANSA) – Em um dos poucos pronunciamentos nacionais, a rainha Elizabeth II afirmou neste domingo (05) que, apesar dos tempos difíceis que o mundo está vivendo agora por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), o planeta “vai vencer”.   

“Eu falo com vocês em um tempo que sei ser de crescentes dificuldades, um tempo de comoção na vida do nosso país que está levando dor a alguns, problemas econômicos a muitos e enormes mudanças na vida cotidiana de todos nós”, começou falando a soberana.   

Apesar de reconhecer as dificuldades, Elizabeth II afirmou que tanto a Grã-Bretanha como o mundo “saberão prevalecer” sobre a doença. “Venceremos e a vitória pertencerá a todos nós.   

Precisamos enfrentar isso pensando, enquanto ainda temos que suportar, que dias melhores virão, que estaremos de novo com os nossos amigos, com as nossas famílias e nos encontraremos de novo”, afirmou.   

Ainda no pronunciamento, a rainha de 93 anos de idade e 68 anos de poder, destacou que a população precisa tomar as decisões que darão “orgulho” no futuro. “Eu espero que aqueles que venham depois de nós digam que os britânicos desta geração eram tão fortes quanto todos os demais. Os atributos de autodisciplina, determinação tranquila e bem-humorada, além de companheirismo, ainda caracterizam este país”, pontuou.   

Elizabeth II não costuma fazer pronunciamentos à nação com frequência, além daqueles tradicionais de fim de ano. A última aparição do tipo foi feita em 2002, quando a rainha Elizabeth I faleceu. De acordo com a emissora “BBC”, mais de 24 milhões de telespectadores assistiram ao discurso, três vezes mais do que aqueles que assistem às aparições de Natal – que tem uma média de sete milhões de espectadores. O Reino Unido já registra 48.451 casos do novo coronavírus, sendo que o filho mais velho da soberana, Charles, foi um dos que contraíram a doença – já estando curado. As vítimas somam quase cinco mil, com 4.934 falecimentos. (ANSA)