Brasil

Em campanha por Lira, Bolsonaro recebe em um só dia 8 deputados

O presidente Jair Bolsonaro reservou a manhã desta quarta-feira, 13, para receber deputados federais em seu gabinete, no Palácio do Planalto. Ao todo, foram três reuniões diferentes, com 8 parlamentares. O assunto dos encontros não foi divulgado, mas participantes admitem que as eleições no Congresso, marcadas para fevereiro, esteve entre os temas. Bolsonaro tem feito campanha a favor de Arthur Lira (Progressistas-AL), líder do Centrão que disputa o comando da Câmara contra Baleia Rossi (MDB-SP), do grupo de Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Casa.

Um dos que participaram do encontro foi o deputado Wilson Santiago (PTB-PB). Seu partido tende a apoiar Lira, mas a bancada ainda não bateu o martelo. “É natural que se toque nesses assuntos (eleições na Câmara). Mas não houve, por parte do presidente, nenhuma cobrança no que se refere a posicionamento partidário”, afirmou o deputado na saída do Planalto.

Nos últimos dias, Bolsonaro cobrou publicamente deputados da bancada ruralistas a apoiarem Lira por causa dos bons resultados econômicos do setor agropecuário no País. Dos onze parlamentares que constavam originalmente na agenda presidencial, cinco fazem parte do grupo: Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT), Paulo Bengtson (PTB-PA), Nivaldo Albuquerque (PTB-AL), Marcelo Moraes (PTB-RS) e Capitão Wagner (PROS-CE).

Não é comum o envolvimento direto do presidente nas disputas do Legislativo, função que geralmente é delegada a auxiliares. Bolsonaro inova ao negociar com deputados no “varejo”, sem a presença de líderes ou dirigentes das siglas, e ao se expor ao cobrar publicamente parlamentares a votarem em seu candidato.

O articulador político do Planalto, ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, também participou dos encontros. Como revelou o Estadão no mês passado, foi no gabinete do general, no 4.º andar do Planalto, que deputados participaram de reuniões para ouvir os argumentos do governo em defesa da eleição de Lira. De lá, saíram com promessas de emendas parlamentares, algumas além daquelas a que já têm direito, e de cargos a preencher em seus redutos eleitorais.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Além dos parlamentares do PTB, Bolsonaro recebeu o deputado Capitão Wagner (Pros-CE) e Osmar Terra (MDB-RS), seu ex-ministro da Cidadania e correligionário de Baleia, mas que deve apoiar Lira na disputa. O deputado Fred Costa (Patriotas-MG) também constava na agenda, mas ele disse ao Estadão não ter comparecido ao encontro. Patriota e Pros também estão ao lado do candidato do governo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel