Comportamento

Em busca do torque perfeito

A Tesla, de Elon Musk, sacode mais uma vez o mercado mundial de automóveis com o Model S Plaid. O novo veículo da marca é o mais rápido do mundo movido a motor elétrico

Crédito: Divulgação

ACELERAÇÃO O motor elétrico do Model S garante mais rapidez com menos tempo de recarga: problemas solucionados (Crédito: Divulgação)

O motor de um carro sempre foi caracterizado como o “coração” do veículo. Se o ronco da máquina soa diferente o dono automaticamente sabe se está precisando de manutenção. Porém, a mudança realizada pela Tesla, do magnata Elon Musk, com o lançamento do automóvel Model S Plaid, inaugura uma nova era e estremece o mercado automotivo, além de impor aos fabricantes de veículos a combustão duas alternativas: ou se atualizam ou desaparecem do mercado.

No caso do Model S não é que o “coração” parou de bater, é que ele agora é absolutamente silencioso devido às funcionalidades e proporções. O motor elétrico é mais simples, menor e tem menos peças. Portanto, necessita de menos assistência técnica do que um à gasolina. Os itens que desabonavam os carros elétricos até pouco tempo também foram resolvidos pela Tesla. O Model S tem três motores, dois na parte traseira e um na dianteira, o que balanceou o peso do veículo e lhe deu mais velocidade que outros carros do mesmo nível com motor à combustão. O carro alcança 100 Km/h em menos de dois segundos e sua velocidade máxima é de 320 Km/h. O período necessário para carregar o automóvel também diminuiu, de acordo com o fabricante. Se o carro ficar plugado em uma fonte de eletricidade por 15 minutos, ele obtém energia de 1.020 cavalos. Com isso pode rodar, sem paradas, por até 300 Km. Nos EUA, o modelo custa US$ 129.9 mil (R$ 657 mil).

VISIONÁRIO Com seu novo modelo, Elon Musk agita a indústria de automóveis: autonomia e desempenho (Crédito:JORG CARSTENSEN)

O economista Roberto Giannetti da Fonseca avalia que os carros movidos a motor de combustão entraram num período de declínio, principalmente na Europa e na Ásia, o que não será revertido. “Esse tipo de veículo tende a desaparecer”, diz. O Model S, por outro lado, deve ter vida longa. Ao estilo de Musk, o veículo é hiperconectado com jogos digitais e tem design arrojado. As mudanças feitas pela Tesla no produto estabeleceram um novo patamar de desempenho para os modelos elétricos. Várias montadoras tradicionais, como a Toyota e Renault, especialistas em produzir carros à combustão já estão no novo negócio. Mas, por enquanto, o “coração” do Model S bate mais forte para anunciar uma nova era da eletrificação automotiva.