Brasil

Em Buenos Aires, Dilma comemora soltura de Lula

SÃO PAULO, 8 NOV (ANSA) – A ex-presidente Dilma Rousseff comemorou o pedido de soltura do petista Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso há 19 meses. “Sinto uma imensa felicidade”, afirmou a ex-mandatária ao jornal “Folha de S. Paulo”.   

Dilma está em Buenos Aires, onde participa do encontro do Grupo de Puebla, com líderes de partidos de esquerda da América Latina. Condenado em duas instâncias no caso do tríplex do Guarujá (SP), um dos processos da Operação Lava Jato, o petista está detido na superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, desde 7 de abril de 2018 e pode ser libertado a qualquer momento.   

A decisão foi tomada depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) barrou a permanência na prisão de condenados em segunda instância. (ANSA)