Em ato falho, Bolsonaro comemora participação em morticínio

Em ato falho, Bolsonaro comemora participação em morticínio

Responsável direto, através de falas e atitudes homicidas, pela morte de brasileiros, o sócio do coronavírus, consorte da Covid praticamente assumiu, ainda que por ato falho, sua culpa por 400 mil CPF’s cancelados. Como pensa que é Deus, inconscientemente crê ser capaz de tanto. Exagera. Ajudou a matar “apenas” parte.

Em passeio a Manaus, cidade que viveu uma das maiores tragédias durante a pandemia, o devoto da cloroquina, cujo governo levou amazonenses à morte por asfixia, foi visitar Sikêra Jr. e posou para fotos, sorridente, com uma placa em alusão a quem morreu em suas mãos. O duplo sentido aqui é mais que proposital.

O verdugo do Planalto não conhece limites quando o objetivo é debochar dos brasileiros enlutados. Bolsonaro busca, a cada aparição pública, pisotear, humilhar, enxovalhar a dor de quem se tornou órfão, viúvo ou perdeu um filho ou irmão para a Covid-19. Este senhor eleva ao estado da arte a crueldade humana.

Além da absoluta falta de empatia pelo sofrimento da população, o gesto comprova a tese de que o maníaco do tratamento precoce sofre de severas psicopatia e sociopatia, e que já não reúne a menor condição – nunca reuniu, é verdade – de presidir o Brasil. É surpreendente que ainda esteja como chefe de Estado.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS

Tópicos

Bolsonaro

Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.