Istoé em Tóquio

Em 3º no quadro de medalhas, Japão obtém sua melhor campanha olímpica da história

Em 3º no quadro de medalhas, Japão obtém sua melhor campanha olímpica da história

Gold medalist Japan's Yui Susaki poses with her medal on the podium after the women's freestyle 50kg wrestling competition during the Tokyo 2020 Olympic Games at the Makuhari Messe in Tokyo on August 7, 2021. (Photo by Jack GUEZ / AFP)


País-sede dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Japão bateu todos os seus recordes competindo em casa, mesmo sem contar com o apoio de sua torcida nas arquibancadas. O país asiático obteve seu maior número de ouros e de pódios no total e também registrou sua melhor posição no quadro geral de medalhas.

+ Camila Brait anuncia aposentadoria da seleção brasileira feminina de vôlei

+ Brasil é o 4º país com mais medalhas no boxe; EUA mais uma vez ficam sem o ouro

+ Bia Ferreira acredita que prata não foi suficiente e pede perdão a torcida: ‘Desculpa, Brasil’

Os anfitriões de Tóquio-2020 terminaram a Olimpíada com 27 medalhas de ouro, 11 acima do seu recorde anterior, obtido nos Jogos de Atenas-2004, com 16 douradas. O número total também apresentou considerável crescimento. Passou de 41 no Rio-2016 para 58 em solo japonês. Ficou em sexto lugar geral.

No quadro de medalhas nesta Olimpíada, o Japão terminou no terceiro posto, sua melhor campanha da história. Ficou apenas atrás do Estados Unidos, com 39 ouros, e da China, com 38 – os americanos superaram os chineses somente neste domingo, última dia destes Jogos Olímpicos.

Se levar em consideração o número total de medalhas, a delegação japonesa foi a quinta que mais acumulou pódios, ficando atrás ainda do Comitê Olímpico Russo (70) e da Grã-Bretanha (65). O quadro de medalhas oficial define a ordem dos países pelo número de medalhas de ouro, e não pelo total.

A grande campanha se deve em parte ao tamanho recorde de sua delegação, algo comum nos países-sede das Olimpíadas. O Brasil também contou com seu maior time da história no Rio-2016. As sedes têm o direito de inscrever atletas em todas as modalidades, mesmo sem índice, o que favorece delegações mais inchadas. Na japonesa, havia 582 esportistas.

Por outro lado, o Japão não pôde usufruir de uma vantagem que geralmente há para os países-sede: o incentivo da torcida. Por causa da pandemia de covid-19, o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu vetar a presença de público nos eventos, tornando a Olimpíada de Tóquio única na história do grande evento esportivo.

O sucesso japonês também pode ser atribuído aos bons resultados nas modalidades estreantes. Os donos da casa levaram uma prata e um bronze no surfe, e cinco no skate, quase metade das 12 em disputa. Quando levou a prata no street, a brasileira Rayssa Leal teve ao seu lado no pódio Momiji Nishiya (ouro) e Funa Nakayama (bronze). Eles também brilharam nos esportes mais tradicionais, como o judô. Berço desta modalidade, o Japão terminou os Jogos com 11 medalhas no tradicional e histórico Nippon Budokan.

Apesar do recorde, havia expectativa que os japoneses subissem até mais vezes no pódio. Estimativas chegaram a apontar 60 medalhas. A conta incluía melhores resultados para a japonesa Naomi Osaka e para o golfista Hideki Matsuyama, um dos melhores do mundo. Ambos saíram da Olimpíada de mãos abanando. Responsável por acender a pira olímpica na cerimônia de abertura, a tenista caiu logo nas oitavas de final, longe de corresponder ao seu status de atual número dois do mundo.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais