Esportes

Em 2º tempo eletrizante, Flamengo ganha no Chile e leva vantagem para jogo no Rio


O Flamengo não quer a repetição do que aconteceu em 2016. Contra o seu algoz nas oitavas de final da Copa Sul-Americana do ano passado, o time rubro-negro mostrou eficiência nesta quarta-feira, principalmente em um segundo tempo eletrizante, e goleou o Palestino por 5 a 2, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, pela rodada da ida da segunda fase da competição continental.

Para o jogo da volta, o Flamengo tem uma enorme vantagem para avançar às oitavas de final – o adversário sairá do duelo entre Chapecoense e Defensa y Justicia, da Argentina. No dia 9 de agosto, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, o Palestino precisará ganhar por no mínimo quatro gols de diferença para se classificar de forma direta. Disputa por pênaltis, somente se os chilenos vencerem por 5 a 2.

Em campo, pouca coisa pode ser descrita sobre o primeiro tempo. Os dois times não criaram nada, só maltrataram a bola na gelada noite de Santiago. Foi preciso uma chacoalhada dos treinadores no intervalo para tudo mudar na partida para a segunda etapa.

Logo no primeiro minuto, o Flamengo abriu o placar com um gol meio sem querer do zagueiro Rever – a bola bateu em seus pés após cruzamento e foi para as redes. O problema é que o time brasileiro mostrou uma enorme desconcentração e levou a virada em um curto tempo. Aos 4, Romo ficou livre na entrada da área e aproveitou o rebote para acertar o chute no ângulo da meta de Thiago. E, aos 11, Benjamín Vidal também apareceu sem marcação, depois de uma furada de Everton na área, para virar.

Também aproveitando a ineficiência da zaga do Palestino, o Flamengo conseguiu nova virada logo na sequência. Aos 13 minutos, após uma jogada típica de pelada de fim de ano, a defesa chilena não tirou a bola da área e ela sobrou para o colombiano Berrío chutar e empatar o jogo. Aos 15, o terceiro em boa jogada de Everton, que se redimiu e cruzou para Leandro Damião tocar de letra para as redes.

Depois de cinco gols em 15 minutos, o torcedor pôde respirar um pouco pois o jogo ficou mais cadenciado no meio de campo. O Palestino tentava chegar ao ataque pelos lados, sem sucesso, e o Flamengo explorava os contra-ataques. Só aos 36 que o time carioca conseguiu se dar bem e o zagueiro Rafael Vaz fez o seu. E a goleada foi confirmada em um pênalti sofrido por Everton Ribeiro, que ele mesmo bateu, aos 43, e marcou o primeiro gol na nova equipe.

Agora o Flamengo volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 18 horas, terá o clássico contra o Vasco, no estádio de São Januário, no Rio, pela 12.ª rodada. O técnico Zé Ricardo poderá contar o meia Diego e o centroavante peruano Guerrero, que nem viajaram para o Chile.

FICHA TÉCNICA

PALESTINO 2 x 5 FLAMENGO

PALESTINO – Darío Melo; Romo (Diego Rosende), Sebastian Toro, Benjamín Vidal e Diego Torres; Julián Fernández, Roberto Cereceda e Diego Gutiérrez; Alan Arario (Tapia), Roberto Gutiérrez e Sebastian Pinto (Carmona). Técnico: Germán Cavalieri.

FLAMENGO – Thiago; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, William Arão (Rômulo) e Everton Ribeiro; Everton, Leandro Damião (Felipe Vizeu) e Berrío (Mancuello). Técnico: Zé Ricardo.

GOLS – Réver, a 1, Romo, aos 4, Benjamín Vidal, aos 11, Berrío, aos 13, Leandro Damião, aos 15, Rafael Vaz, aos 36, e Everton Ribeiro (pênalti), aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO – Diego Torres (Palestino).



ÁRBITRO – Fernando Rapallini (Fifa/Argentina).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile).

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio