Esportes

Eliminação faz com que Rogério Ceni siga sem ganhar do São Paulo como técnico

O São Paulo eliminou o Fortaleza na Copa do Brasil, no último domingo, e além de garantir a classificação para as quartas de final da competição, o time paulista manteve o tabu de nunca ter sido derrotado pelo técnico Rogério Ceni, ídolo da equipe. As cinco partidas em que Rogério teve como adversário seu ex-clube aconteceram com ele no comando do Fortaleza, onde trabalha há quase dois anos, com rápida passagem pelo Cruzeiro durante esse período.

Ambos estiveram frente à frente pela primeira vez em maio de 2019. Rogério não precisou sair de sua nova casa. O São Paulo foi até ele. A expectativa era alta, já que o treinador havia sido campeão da Série B do Campeonato Brasileiro e dava sequência a um excelente trabalho. Não perdia em casa há 12 partidas. Contudo, o resultado não veio e a série de vitórias de Rogério foi quebrada. Hernanes marcou para a equipe paulista, que venceu sua cria pela primeira vez por 1 a 0.

O mesmo duelo se repetiria cinco meses mais tarde. Desta vez, o duelo foi no Pacaembu, já que o Morumbi recebia o show da banda Iron Maiden. A torcida lotou o estádio e mais uma vez viu o São Paulo sair vitorioso: Placar final: 2 a 1.

“Sou muito grato de estar ainda trabalhando com o futebol após quatro anos da minha saída do São Paulo. Confesso a você que hoje queria sair daqui com uma melhor sorte para o Fortaleza, mas fora do campo é algo extremamente gratificante, mostra o reconhecimento da dedicação que você teve durante toda a carreira. Depois que apita o início do jogo, logicamente o torcedor quer o resultado para ele, e nós queremos o resultado para o time que trabalhamos”, disse Rogério, na ocasião.

O terceiro encontro ocorreu há cerca de dois meses. Pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Rogério Ceni teve a oportunidade de atuar pela primeira vez no Morumbi como adversário. Sem torcedores, em razão da pandemia do novo coronavírus, pelo menos não teve que encarar a torcida são-paulina como adversária. Em um duelo equilibrado, empate por 1 a 1.

Os últimos encontros foram pela Copa do Brasil. O primeiro jogo, disputado em Fortaleza, foi cheio de emoção e com um gol nos minutos finais o São Paulo arrancou a igualdade em 3 a 3. No último domingo, aconteceu o inverso. O time de Ceni foi quem conseguiu o gol no finalzinho e o placar de 2 a 2 levou a decisão para os pênaltis. Nas penalidades, a equipe paulista levou a melhor e venceu por 10 a 9. Agora, o duelo voltará a acontecer apenas em novembro, pelo Brasileirão.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel