Esportes

Eleição Vasco 2020: Presidente do Conselho Deliberativo convoca posse de Jorge Salgado para 25 de janeiro

Na data, será votada a mesa diretora do Conselho Deliberativo do clube. Segundo o estatuto do Cruz-Maltino, a convocação deveria acontecer até o dia 22 de janeiro

Eleição Vasco 2020: Presidente do Conselho Deliberativo convoca posse de Jorge Salgado para 25 de janeiro

Jorge Salgado

Diante de conturbadas tentativas de recursos na justiça, a eleição do Vasco ganhou mais um capítulo neste sábado. O presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, convocou a data da posse Jorge Salgado (eleito para o triênio 2021-2023) para o próximo dia 25 de janeiro. Além dele, neste solene evento, será votada a nova mesa diretora do Conselho Deliberativo do Gigante da Colina.

> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

Contudo, a data escolhida está fora do prazo estabelecido pelo estatuto do clube, que coloca a convocação até a primeira semana da segunda quinzena, que termina na próxima sexta, dia 22 de janeiro de 2021. Dessa forma, a decisão para que a solenidade seja realizada no dia 25 fere o estatuto do Cruz-Maltino.

Com diversas brigas judiciais, a data da posse ainda era um mistério para o torcedor. O atual mandatário Alexandre Campello chegou a enviar um oficio aos presidentes de poderes do Vasco pedindo que Roberto Monteiro convocasse a posse e desse sequência a transição política e a gestão do clube para o próximo triênio.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

No documento apresentado por Campello, o atual mandatário informou que contratou a empresa ‘Tafner’ para realizar o evento solene de maneira híbrida por causa da pandemia de Covid-19 e da votação que ocorrerá no mesmo dia. Ele enviou este ofício também para Jorge Salgado e Otto Alves de Carvalho Junior (presidente eleito da Assembleia Geral).

Outros pontos citados no documento enviado por Campello são os recursos de Roberto Monteiro e Leven Siano. Ao longo dos primeiros quinze dias de 2021, ambos tentaram na Justiça impedir que Jorge Salgado tomasse posse e legitimar a votação realizada no dia 7 de novembro, de forma presencial, em São Januário. No entanto, os recursos iniciais não foram aceitos, tanto na justiça do Rio, quanto no Supremo Tribunal Federal.

Com isso, Roberto Monteiro recorreu da decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no intuito de tentar o reconhecimento de Leven Siano, representante da chapa “Somamos” como novo presidente do Vasco. Neste sábado, ele afirmou que as medidas de cumprimento das normas sanitárias da posse são de responsabilidade da Diretoria Administrativa, de Alexandre Campello.

Por fim, vale lembrar que o partido ‘Solidariedade’ entrou com uma ação em prol de Leven Siano, que foi negada pelo Ministro Luiz Fux. O magistrado entendeu que não há argumento na alegação da entidade política para que o caso seja apreciado antes do fim do recesso do Ministro Dias Toffoli, relator do processo. O PT chegou a tentar se juntar a esta ação, porém desistiu oficialmente horas depois.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago