Em Cartaz

Os mundos de Philip K. Dick

“Electric Dreams” traz dez episódios baseados em contos sobre alienígenas do mestre da ficção científica hippie

Crédito: Chris Raphael

TELEPATIA Holliday Grainger e Richard Madden em “The Hood Maker”, quinto episódio de “Electric Dreams” (Crédito: Chris Raphael)

O escritor americano Philip K. Dick (1928-1982) é o mestre da ficção científica contracultural. Diferentemente de autores convencionais do gênero, ele foi além de distopias tecnológicas e impérios corporativos. Repudiava a tecnologia e criou personagens excêntricos, nem sempre humanos, afeitos a sexo, drogas e misticismo. O diretor Ridley Scott adaptou um conto de Dick para criar o filme “Blade Runner: o Caçador de Androides” (1982), que se tornou modelo de futuros cenários catastróficos. A série “Electric Dream” traz dez episódios baseados em contos de Dick, sem ligação uns com os outros. A produção é inglesa — da Channel 4, a mesma da série “Black Mirror”— e foi comprada pela Amazon. São dez variações em torno das divagações sobre a disrupção da realidade e da mente por meio da tecnologia. O quinto episódio, “The Hood Maker”, retrata uma civilização autoritária em que dissidentes desenvolvem habilidades telepáticas. Um deles, Hood Maker (Fabricante de Capuz), distribui capuzes telepáticos para subverter a ordem pública. No elenco, figuram astros como Bryan Cranston, Steve Buscemi e Anna Paquin. Disponível no Amazon Prime Video.