Economia

Eduardo Gomes (MDB) diz acreditar na aprovação da LDO até o fim do ano

O líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), disse nesta quinta-feira, 26, que acredita na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e do Orçamento até o final deste ano. As propostas estão travadas no Congresso por conta de um impasse sobre o comando da Comissão Mista de Orçamento (CMO), que ainda não foi instalada.

A disputa pelo colegiado, que tem como pano de fundo a sucessão da presidência da Câmara, levantou a possibilidade de o texto ser votado diretamente ao plenário, sem passar pelo colegiado.

Para Gomes, há uma tendência para que, após o segundo turno das eleições municipais, que acontecem neste domingo, 29, líderes retomem o debate sobre as matérias. “Acredito que haverá um esforço conjunto para um grande acordo para definir a base orçamentária de 2021. Isso pode proporcionar a aprovação desses dois instrumentos, LDO e Orçamento”, disse em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

O líder também sinalizou espaço para votar outras medidas da pauta econômica do governo. “A prioridade é encerrar o ano organizando o ano de 2021. Em especial a PEC emergencial, algumas medidas de fortalecimento da pauta econômica, como nós votamos ontem a Lei das Falências, e mais algumas outras matérias devem ser votadas ainda neste ano. E o Orçamento corre em paralelo”, disse.

As discussões sobre o Renda Cidadã, novo programa social, também permanecem no radar do governo, segundo o senador. “Continuam muito forte, mas não dá para saber onde esse instrumento entrará. Se surge já na aprovação da PEC Emergencial, ou se é criado toda uma preparação para o debate em janeiro, já que teremos discussões sobre reforma administrativa, tributária e outras matérias importantes.”


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Questionado sobre a possibilidade de corte de subsídios para financiar o programa, o parlamentar afirmou que é um dos elementos da discussão, mas que entendem que o esforço maior vai ser feito para garantir direitos e cortar outros tipos de despesas. Apesar de sinalizar pelo andamento da proposta, Gomes disse que não há ambiente político definido para saber qual vai ser a estratégia do governo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel