Geral

Eduardo Bolsonaro diz que é contra ditadura ‘porque o poder já está em nossas mãos’

Crédito: Divulgação

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse no Conselho de Ética da Câmara, nesta segunda-feira (5), que é contra a ditadura porque “o poder já está em nossas mãos”.  As informações são de O Globo.

O parlamentar foi denunciado após sugerir um novo AI-5, ato da ditadura militar que cassou direitos políticos e liberdades individuais.

“Já sendo eleito presidente da República, o menos interessado em que o país vire uma ditadura é o próprio presidente Jair Bolsonaro. Sou o menos interessado também em ter qualquer tipo de ditadura, porque o poder já está em nossas mãos”, disse Eduardo Bolsonaro.

O deputado também explicou a frase de que bastava “um cabo e um soldado” para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF). “Em uma palestra dada a alunos de concurso público eu fiz, em tom jocoso, uma brincadeira parafraseando o presidente Jânio Quadros, que em certa medida falou: “Por alguns segundos, pensei em fechar o Congresso, e teria me bastado um cabo e dois soldados”, disse o parlamentar.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Dublê de 28 anos morre ao tentar recorde com manobra de moto
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago