Matança programada

Com meio milhão de mortes e sob ameaça de uma terceira onda pandêmica, o Brasil se converte em um laboratório de loucuras sanitárias e num dos lugares do planeta mais arriscados para se viver. As UTIs das grandes cidades continuam com lotação superior a 90%, a vacinação está criminosamente atrasada e a média móvel diária, em torno de 2 mil óbitos. Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro age como um cientista maluco, propõe a desobrigação do uso de máscaras para os vacinados e continua promovendo a cloroquina e incentivando aglomerações. Médicos dizem que com uma atitude acertada do governo pelo menos 30% das mortes poderiam ter sido evitadas.

Copyright © 2021 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.