Editorial

Fora técnicos!

PANDEMIA * 2020

Sobrevivência dos negócios na selva

Empresários fazem malabarismos não só para equilibrar receitas e gastos, mas também para garantir mais valor às suas marcas e fidelizar seus clientes durante a crise do Covid-19. Ações mais humanas e solidárias, como o movimento #naodemita, que tenta salvar 2 milhões de empregos, servem para trazer mais tranquilidade para os trabalhadores do País e irão fazer muita diferença quando a economia voltar ao normal

A nova ordem mundial

A pandemia de coronavírus marca uma guinada definitiva na história da civilização. Ela pode ser o acontecimento inaugural de um ciclo catastrófico ou o ponto de inflexão para uma mudança profunda. Rendidos pelas forças da natureza, como diante de um dilúvio ou de um terremoto, nunca fomos tão frágeis. Tememos a morte, não sabemos para onde vamos e as previsões de longo prazo que tentávamos traçar ruíram, tanto na vida pessoal, como nos planos estratégicos de governos e empresas.

O presidente abstrato

O Brasil tem um chefe do Poder Executivo alheio ao mundo real que alarga cada vez mais os descaminhos do País — isso ficou claro, novamente, no final da semana passada. Vale perguntar, então, para o mais empedernido dos bolsonaristas. O que o senhor acha de alguém que cumprimenta outra pessoa dando a mão com a qual acabou de esfregar o nariz para limpá-lo? Anti-higiênico? É bastante anti-higiênico, sim! Agora, o que o senhor acha de esse alguém se comportar de tal maneira em meio à pandemia cujo vírus tem, nas vias áreas superiores, o seu maior canal de transmissibilidade e recepção?

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.