Esportes

Eden Hazard e uma temporada praticamente em branco no Real Madrid

Com nova lesão, o atacante belga Eden Hazard, maior contratação do Real Madrid para a temporada, mas que já desfalcou o clube por três meses, terá vivido um primeiro ano na Espanha praticamente em branco, colocando em perigo sua presença na Eurocopa.

A recaída da lesão no tornozelo direito traz uma série de preocupações para o Real Madrid e para a seleção belga, que espera contar com o jogador antes do fim da temporada e do início da Eurocopa-2020 (12 de junho-12 de julho).

É a história de uma lesão que se tornou uma bola de neve desenfreada: em 26 de novembro contra o PSG, pela fase de grupos da Liga dos Campeões, Hazard precisou deixar o campo após sofrer uma entrada dura do compatriota Thomas Meunier.

Após tratar uma torsão simples que deveria afastar Hazard dos campo por cerca de uma semana, o Real Madrid anunciou que sua estrela havia sofrido uma “microfratura” no tornozelo direito.

Assim, não voltou a jogar por vários meses, até ser titular contra o Celta de Vigo em 16 de fevereiro. E, em seu segundo jogo de volta, contra o Levante no sábado (derrota 1-0), os alarmes foram novamente ligados em Madri.

Hazard pareceu sentir um “golpe”, como definiu o técnico Zinedine Zidane, e começou a mancar em campo, antes de ser substituído por Vinicius Junior.

“A impressão não é boa, parece que se machucou onde já tinha se lesionado”, temia Zizou.

No domingo, veio a confirmação: “Após exames realizados, foi diagnosticado uma fissura” no pé direito, informou o Real Madrid em nota, oito dias após a volta do belga à competição.

– Temporada sofrida –

Esta primeira temporada na Espanha está sendo um pesadelo para Hazard (1 gol e 5 assistências em 15 jogos), que, contudo, se mostrou decisivo nas poucas vezes que pôde jogar.

E uma constatação alarmante: em sete meses de Real Madrid, Hazard ficou de fora de tantos jogos por lesão (20) do que em sete temporadas em seu ex-clube, o Chelsea.

Desta vez, o tempo de ausência de Hazard não foi divulgado pelo Real, mas a imprensa espanhola cogita que serão vários meses. “Hazard praticamente dá adeus à temporada”, escreveu o jornal Marca, no domingo.

Assim, Zidane não poderá contar com Hazard em uma semana das mais importantes da temporada, na qual medirá forças com o Manchester City nas oitavas de final da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira (26), e com o arquirrival Barcelona pelo Campeonato Espanhol, no domingo (1º).

A ausência de Hazard fará grande falta a um ataque do Real Madrid que vem sofrendo para marcar gols, tendo balançado as redes apenas nove vezes em 12 jogos em 2020.

Mas, com um elenco praticamente completo à disposição (somente Marco Asensio também está lesionado), Zidane terá opções para substituir Hazard em seu esquema 4-3-3 favorito, com peças como Vinicius Junior, Isco ou Gareth Bale no banco.

Enquanto isso, a seleção belga, uma das favoritas ao título da Eurocopa-2020, supervisiona de longe a recuperação de seu craque.

pve/jta/gr/pm/am

Tópicos

Campeones ENG ESP fbl Liga