Economia

Economia global sofrerá ‘contágio significativo’ se guerra se prolongar, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alerta que um prolongamento da guerra na Ucrânia, após invasão da Rússia, vai contagiar significativamente a economia global, por meio da deterioração da segurança alimentar, aumento dos preços de energia e processamento de commodities, pressões inflacionárias, interrupções na cadeia de suprimentos, maior gasto social com refugiados e aumento da pobreza.

“O dano econômico global desta guerra será devastador”, define o FMI, em relatório que avalia a situação da economia ucraniana divulgado nesta segunda-feira.


Países muito ligados à Ucrânia estão sob “risco particular” de sofrerem com interrupções e escassez na cadeia produtiva, além de terem de suportar a entrada de refugiados ucranianos, alerta o relatório.

Neste contexto, a necessidade por financiamento da Ucrânia aumentou consideravelmente para que o país possa lidar com a “catástrofe” decorrente da guerra, segundo o FMI.

O Fundo projeta uma deterioração “mínima” de 13,5 pontos da produtividade em relação ao período pré-guerra, e recuo anual de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) ucraniano em 2022, mas alerta que a previsão deve ser lida como preliminar e está sujeita a um grau de incerteza “incomum”, dada a “fluidez do desenvolvimento” do conflito.