Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, reiterou nesta quarta-feira, 29, que a economia dos Estados Unidos está em “boa posição” e pode conseguir enfrentar o processo de aperto das condições financeiras, em meio ao aumento de juros. Durante Fórum do Banco Central Europeu (BCE), em Sintra (Portugal), Powell comentou que um dos objetivos do aumento das taxas básicas é moderar o crescimento econômico, com intuito de equilibrar as dinâmicas de oferta e demanda.

O dirigente entende que “ainda há um caminho” para controlar a inflação sem causar significativo avanço do desemprego – o chamado “pouso suave”.

No entanto, Powell reconheceu que os eventos recentes tornaram essa tarefa mais desafiadora, particularmente a guerra na Ucrânia.

Retorno ao cenário pré-pandemia

Durante Fórum do BCE, o presidente do Federal Reserve afirmou também que a pandemia provocou transformações estruturais na economia global. Segundo ele, ainda há incertezas sobre se será possível retornar ao regime econômico anterior à covid-19, marcado por fatores estruturais que derrubaram a inflação nos países desenvolvidos.

A presidente do BCE, Christine Lagarde, por sua vez, disse considerar improvável que a economia volte ao cenário pré-pandemia de inflação baixa.