Economia

Economia alemã tem queda de 2,2% no 1º trimestre e entra em recessão

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha encolheu 2,2% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre do ano passado, diante do violento impacto econômico da pandemia de coronavírus, segundo revisão divulgada hoje pela Destatis, a agência de estatísticas do país. A queda, a maior registrada desde o primeiro trimestre de 2009, veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal e confirmou estimativa prévia publicada no último dia 15.

Em relação a igual período de 2019, o PIB da maior economia europeia sofreu contração de 2,3% entre janeiro e março, também como previa o mercado e confirmando o cálculo original da Destatis.

Como o PIB alemão já havia diminuído 0,1% no quarto trimestre de 2019 ante os três meses anteriores, a segunda contração no primeiro trimestre significa que a Alemanha entrou em recessão técnica.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

Tópicos

Alemanha recessão