Televisão

“E os 100 mil mortos?”, questiona apresentador da CNN em discussão com Alexandre Garcia

Crédito: Reprodução/CNN Brasil

O apresentador Rafael Colombo e o jornalista Alexandre Garcia tiveram uma discussão calorosa ao vivo durante o programa ‘Novo Dia’, da CNN Brasil, na tarde desta sexta-feira (07).

O apresentador perdeu a paciência após Garcia defender o uso da cloroquina no combate ao novo coronavírus. “E os 100 mil que morreram? Se realmente funcionasse não seríamos o 3° país com o maior número de mortos no mundo”, disparou Rafael.

A discussão começou após Garcia iniciar seu discurso em defesa do medicamento que também tem forte apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Rafael então começou a questionar seu parceiro de transmissão. “Se a cloroquina funciona, é barata, e serviu como você falou na Amazônia para lúpus, malária e outros tipos de doença, por que o mundo teria deixando tanta gente morrer se tem um remédio barato à disposição? A troco de que tanta gente morreria se a cloroquina funcionasse?”.

Em tom de ironia, Garcia respondeu “Se não funcionar, ela não existe, pois está funcionando”, que foi novamente confrotado por Rafael. “As pessoas que sobreviveram são a prova. É assim que começa a ciência, a experiência”, completou o apresentador.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar