ISTOÉ Gente

‘É incômodo relembrar’, desabafa Angélica sobre abuso sexual aos 15 anos

‘É incômodo relembrar’, desabafa Angélica sobre abuso sexual aos 15 anos

'É incômodo relembrar', desabafa Angélica sobre abuso sexual aos 15 anos

Angélica relembrou o abuso sexual que sofreu na adolescência, aos 15 anos, quando estourou com o sucesso de “Vou de táxi”. Hoje, aos 48 anos, a apresentadora entendeu que o que viveu não era para ser normalizado.

“Só agora consegui entender que esse episódio foi uma violência absurda. É incômodo relembrar, mas é o tipo de situação que marca para sempre. A gente não pode tolerar nenhum tipo de violência por achar que não é grave o suficiente. Se tivesse a cabeça que tenho hoje, não teria me calado”, disse Angélica à “Veja”.