ISTOÉ Gente

Dulce Maria fala sobre gravidez durante pandemia: “Ou você é forte ou afunda”

Crédito: Reprodução Instagram

A atriz e cantora Dulce Maria, que fez muito sucesso ao integrar o grupo musical RBD, descobriu que está grávida de seu primeiro filho, fruto do noivado com o diretor de cinema Paco Álvarez, durante a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista para a Cosmopolitan do México, Dulce falou como está lidando com a gestação em pleno isolamento social. “A vida me disse: ou você é forte ou você afunda. Foi muito forte, porque eu estava gravando uma série desde janeiro com um ritmo de trabalho de segunda a sábado e, de um dia para o outro, tudo acabou. Foi um choque inesperado que nos afetou fisicamente, emocionalmente e mentalmente. Somado ao medo das notícias e o constante bombardeio de informações”, contou ela.

A artista ainda disse como foi receber a notícia que seria mãe: “Comecei a me sentir mal e não fazia ideia do que era, fiz milhares de exames, testes de tudo e, um pouco depois, , descobri que estava grávida!”.

De acordo com Dulce Maria, a maternidade proporcionou com que ela ressignificasse o período da pandemia.

“Senti minha gravidez como uma mensagem de Deus: quando o mundo está angustiado, preocupado e com medo, eu estaria criando vida. Por um lado, passei a ser grupo de risco, mas é um milagre saber que uma vida cresce dentro de mim. Essa quarentena me colocou contra a parede, como muitas pessoas ao redor do mundo, onde tudo parou. Há outra vida que depende de mim, eu parei de ser apenas eu, agora devo ver primeiro o meu bebê. Desta vez, trabalhei muito emocionalmente para continuar dando vida e estar bem, devo inspirar mensagens positivas para meus fãs, pois é minha responsabilidade”, concluiu.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior