Geral

Doria: reunião com ministro da Saúde está marcada para dia 21 de outubro

Crédito: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que se reunirá no dia 21 de outubro com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para que se alcance uma “posição final” sobre o investimento de R$ 92 milhões pelo governo federal na expansão da fábrica de produção de vacinas do Instituto Butantan e da aquisição da vacina Coronavac, em desenvolvimento pelo órgão, para aplicação pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O governo estadual pleiteia recursos para ampliar a capacidade de produção e da aquisição das doses produzidas. De acordo com o governador, a Coronavac “está nos seus últimos dias de testagem sem ter nenhum obstáculo, contraindicação, ou percalço até aqui”.

Segundo Doria, o plano prioritário é que a vacina seja disponibilizada aos brasileiros pelo SUS, porém ressalta que caso o governo federal adote “qualquer viés de ordem política, eleitoral ou ideológico que possa colocar em prejuízo os brasileiros de São Paulo”, o Estado adotará para si a vacina a fim de imunizar os paulistanos, sem descartar ceder doses para outros Estados.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel