Geral

Doria pede ao governo federal recursos para produção de vacina pelo Butantan

Crédito:  AFP

(Arquivo) O governador de São Paulo, João Doria (Crédito: AFP)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou ter protocolado nesta quarta-feira (19) ofício ao ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, solicitando recursos para que o Instituto Butantan possa dobrar a capacidade de produção da vacina Coronavac, contra o novo coronavírus, em desenvolvimento em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Segundo Doria, em entrevista à TV Band, a expectativa inicial é de que o Butantan produza entre dezembro e fevereiro 45 milhões de doses da vacina.

No início do mês, o governo federal assinou a Medida Provisória 994 com a liberação de R$ 1,9 bilhão em crédito extraordinário para viabilizar a produção de vacina contra a doença pela Fiocruz. Doria cobrou a bancada paulista na Câmara para que pressione e atue pela divisão dos recursos previstos pela medida e que o Instituto Butantan também receba recursos.

“Como entendemos que como não há disputa, não há razão de apoiar uma vacina e não apoiar a outra”, afirmou o governador paulista. “Fizemos um ofício, protocolado ontem no Ministério da Saúde, solicitando o mesmo valor. Não queremos tirar recursos da vacina de Oxford”, completou.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel