Economia

Doria diz que não pode se manifestar sobre Sabesp por determinação da CVM

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que não pode se manifestar sobre a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) por orientação e determinação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Na quarta-feira (19), o governador havia anunciado uma nova etapa de capitalização para que a companhia disputasse concessões em outros Estados. A declaração gerou incertezas no mercado – uma vez que, com a aprovação do novo marco legal do saneamento básico, a expectativa dos agentes era de que a empresa fosse privatizada – e a ação chegou a cair mais de 10%.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Doria afirmou: “a manifestação feita por governador do Estado de São Paulo, que detém o controle majoritário da Sabesp pode provocar essas variações como ocorreu recentemente. As ações já retomaram o seu valor, mas houve uma oscilação”. “Quero deixar claro que o nosso governo é um governo liberal, pró-mercado. Tudo o que nós pudermos desestatizar em São Paulo, nós faremos. Essa é a orientação do governo”, completou Doria.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Atriz e modelo sul-coreana Song Yoo-jung morre aos 26 anos
+ Pais matam as 2 filhas para provar que elas voltariam a vida
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra! + Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel