Geral

Doria: Brasil quer vacinação, não quer comitê de adulação e disso não participo

Crédito: Reprodução/YouTube

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou a criação de um comitê nacional de enfrentamento ao novo coronavírus, anunciada na manhã desta quarta-feira, 24, após reunião entre os chefes dos Três Poderes nacionais e governadores alinhados ao presidente Jair Bolsonaro. De acordo com Doria, o governo do Estado de São Paulo não foi convidado para o movimento que “exclui governadores que estão trabalhando para proteger a vida de brasileiros”. O governador classificou o colegiado como “não confiável”.

“O Brasil quer vacinação, o Brasil não quer comitê de adulação e disso não participo”, afirmou Doria durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

“Este comitê, primeiro, não nos representa, nós não fomos convidados, e aquilo que representa a saúde, a necessidade de proteção da vida dos brasileiros de São Paulo, deve ser tratado com o governador do Estado de São Paulo, e não com o representante do governador do Estado de São Paulo”, afirmou Doria sobre o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), próximo a Bolsonaro, e que representou os Estados do Sudeste na reunião.

Pronunciamento

O governador também criticou o pronunciamento nacional realizado na noite de terça-feira, 23, pelo presidente Bolsonaro. “Pra quem, como eu, e como milhões de brasileiros, assistiu aquela farsa daquele depoimento do presidente Jair Bolsonaro ontem na televisão com mentiras, inverdades e disfarçando até mesmo com uma máscara que nunca utilizou, não é confiável a realização de um comitê que exclui governadores que estão trabalhando”, disse o tucano.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Em cadeia nacional de rádio e televisão nesta terça-feira, presidente prometeu vacinas a todos os brasileiros e não mencionou o “tratamento precoce” que recomendava até recentemente.

Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS