Geral

Dono de ‘O Grito’, de Santa Luzia, é morto a tiros


O empresário Maurício Campos Rosa, de 64 anos, dono do jornal O Grito, de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi assassinado na quarta-feira, 17, com cinco tiros no momento em que deixava a casa de uma amiga no bairro Frimisa, conforme a Polícia Militar.

Em nota, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) condenou o assassinato do empresário e afirmou que, “embora ainda não existam informações que vinculem o crime à atividade jornalística de Maurício Campos Rosa, diante das evidências de que se tratou de uma execução, a ANJ espera que as autoridades investiguem o caso com o maior rigor”. O empresário levou quatro tiros nas costas e um no pescoço.

Segundo a PM, até esta quinta não havia pistas sobre a motivação do crime e a autoria dos disparos. O Sindicato dos Jornalistas de Minas exigiu “apuração rigorosa”. O jornal é publicado em Santa Luzia há cerca de 20 anos.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio

Tópicos

assassinato O Grito