ISTOÉ Gente

Donald Trump acusa Alec Baldwin de ter atirado em colega de propósito

Crédito: Reprodução

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump insinuou, em entrevista a uma rádio dos EUA, que o ator Alec Baldwin teria atirado de propósito e matado a diretora de fotografia Halyana Hutchins, no set do filme “Rust”, no último mês. As informações são da revista Newsweek.

Em entrevista ao programa de Christ Stigall, Trump afirma que acha estranho o ator ter apontado uma arma para alguém que não fazia parte do elenco, atirar e de repente a pessoa morrer.


“Na minha opinião, ele teve algo a ver com isso, mas se não for o caso, como você pega uma arma – esteja ela carregada ou não – aponta para alguém que nem está no elenco do filme… Aponta para essa pessoa, puxa o gatilho e ela morre?”, questionou o ex-presidente.

Trump continua a comentar sobre o caso e chega a afirmar que o próprio Baldwin teria carregado a arma e que ele é “um cara doente”.

“Mesmo que ela estivesse carregada —e sabe, isso é estranho, talvez ele tenha carregado—, quem colocaria uma arma não mais… ‘Toma Alec, aqui está a arma’, ‘ah, ótimo’, levanta, aponta para uma pessoa, atira e “ops, saiu uma bala’ e ela está morta. Tem algo errado com ele, ele é um cara doente”, disse Trump.

O ex-presidente também comentou sobre as imitações que Balwin fez dele para o humorístico Saturday Night Live. Baldwin satirizou Trump em dezenas de episódios do SNL.

“Ele fez um péssimo trabalho de me imitar. Alec Baldwin era péssimo em me imitar e, a propósito, se eu achasse que ele era bom, mas não gostasse de suas posições políticas ou não gostasse dele, eu teria dito que ele era bom, mas ele era terrível”, disse Trump.