Economia

Dólar opera em queda com cenário externo no radar

Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O dólar iniciou esta segunda-feira, 18, em leve baixa nos mercados à vista e futuro, devolvendo parte da alta acumulada até a última quinta-feira, dia 14, quando a moeda havia atingido R$ 4,20 no mercado futuro e R$ 4,19 no à vista. Profissionais do mercado acreditam que a baixa inicial indica pequena correção em relação aos movimentos da última sexta-feira, 15, quando o mercado doméstico ficou fechado, em virtude do feriado da Proclamação da República.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Com a agenda doméstica escassa, as atenções seguem concentradas no mercado internacional, onde o foco está no noticiário em torno das negociações comerciais entre Estados Unidos e China. Por volta das 9h30, os contratos futuros do petróleo abandonaram a tendência de alta e passaram a registrar baixa, à espera e novas notícias sobre o assunto. Mais cedo, a alta era atribuída aos sinais de entendimento entre as partes, depois que autoridades dos dois países informaram terem tido uma conversa “construtiva”.

ÀS 9h40, o dólar à vista era negociado a R$ 4,1792, em baixa de 0,33%. No mercado à vista, a cotação do contrato para dezembro recuava 0,40%, aos R$ 4,1830. Na renda fixa, o contrato de DI para janeiro de 2023 tinha taxa de 5,71%, ante 5,75% do ajuste de quinta-feira. O Índice Bovespa futuro indicava alta de 1,02%, aos 107.990 pontos.

O Boletim Focus, divulgado no início da manhã pelo Banco Central, mostrou que os economistas do mercado financeiro alteraram levemente a previsão para o IPCA em 2019. A mediana para o índice este ano foi de alta de 3,31% para 3,33%.

A expectativa de crescimento da economia em 2019 seguiu em 0,92%, sem alteração em relação à pesquisa anterior. Para 2020, o mercado financeiro alterou a previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB), de 2,08% para 2,17%. Para o câmbio, a mediana das expectativas para o fim deste ano seguiu em R$ 4,00, mesmo valor projetado para o final de 2020.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

dólar