Economia

Dólar opera em alta com piora no exterior e sinalização de juros baixos

A manhã que prometia ser tranquila e de queda do dólar não se confirmou na abertura e a moeda americana iniciou o dia em alta ante o real. Uma piora no mercado internacional, com virada para baixo de índices futuros da Bolsa de Nova York e súbita alta do dólar ante algumas moedas emergentes favoreceu a pressão de alta no Brasil. Mas a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) também deu sua contribuição, uma vez que era forte a expectativa sobre o documento.

“Além do movimento externo, tivemos a ata um pouco mais ‘dovish’ (suave) do que o mercado esperava, mantendo o ‘carry trade’ (arbitragem) menos atrativo no curto prazo”, disse Luís Felipe Laudisio, operador da Renascença Corretora. Havia no mercado de câmbio nesta segunda-feira alguma expectativa de sinalização de alta da taxa Selic, que de alguma maneira teria ajudado a amenizar a alta do dólar ante o real, em um dia de forte aversão ao risco.

O economista-chefe do Banco ABC Brasil, Luis Otávio Souza Leal, afirmou que a ata foi neutra e apenas reforçou que não houve mudanças no balanço de riscos frente à reunião anterior, em agosto. Para o economista, a ênfase dada pelo Banco Central ao “forward guidance” reforça a percepção, já colhida no comunicado na semana passada, de que é menor a chance de novo corte de juros. O Banco ABC Brasil espera que a Selic seja mantida em 2,0% até setembro de 2021. Para o fim do ano que vem, a expectativa é de 3,0%.

Às 9h36 desta terça-feira, o dólar à vista era negociado a R$ 5,4096, em alta de 0,16%, já distante da máxima do dia, em R$ 5,4446. No mercado futuro, a moeda era negociada a R$ 5,4095, já em baixa de 0,12%.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar


Tópicos

dólar