Economia

Dólar continua movimento de correção de perdas e sobe ante rivais

O dólar continuou, no pregão desta segunda, 3, o movimento de correção de perdas visto na sexta-feira, depois de ter registrado em julho a maior queda mensal em relação a outras moedas fortes desde 2010.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Próximo ao horário do fechamento das bolsas de Nova York, o dólar subia a 105,99 ienes, enquanto o euro recuava a US$ 1,1765 e a libra esterlina cedia a US$ 1,3074. O índice DXY, que mede a variação da moeda dos EUA ante uma cesta de seis rivais fortes, registrou alta de 0,21%, a 93,542 pontos.

“Enquanto o mercado está avaliando o aumento do euro e o desmaio do dólar, o cenário de baixa da moeda dos EUA não mudou, deixando-a vulnerável à fraqueza contínua”, avalia o analista de mercado Joe Manimbo, do Western Union. Hoje, mesmo com o apetite por risco em alta, com otimismo por indicadores que apontam para uma retomada da indústria no mundo, a moeda americana se fortaleceu.

“O dólar está se estabilizando após grandes perdas na semana passada”, comentam analistas do banco de investimentos Brown Brothers Harriman (BBH). Para os profissionais, no entanto, os fundamentos que sustentam a tendência de queda do dólar não mudaram.

A moeda dos EUA tem se enfraquecido devido à política monetária acomodatícia do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), à incerteza eleitoral nos EUA e à percepção de que a Europa sairá da crise primeiro. Em Washington, continuam as negociações entre republicanos e democratas em torno dos benefícios de auxílio-desemprego que expiraram em 31 de julho e o próximo pacote fiscal.

Ante moedas emergentes e ligadas a commodities, o dólar também se fortaleceu. No final da tarde em Nova York, a divisa americana subia a 72,5439 pesos argentinos, a 17,2083 rands sul-africanos e a 22,6575 pesos mexicanos.

Na Argentina, surgiram relatos de que o governo de Alberto Fernández conseguiu chegar a um acordo com os credores privados sobre a oferta para a renegociação da dívida.

Veja também

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ A Fazenda 2020: Peões ficarão 24 horas sem água encanada devido a punição por drink de álcool em gel

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

moedas