Economia

Dólar cai a R$ 5,06 com entrada de fluxo de estrangeiro e MP de Eletrobras


O dólar acelera a queda e registra nova mínima a R$ 5,0682 (-1,06%) no mercado à vista há pouco. O diretor-superintendente da corretora Correparti, Jefferson Rugik, afirma que há ingressos de fluxo de investidor estrangeiros no mercado local, que seriam direcionados aparentemente à Bolsa. Rugik não descarta ingressos de estrangeiros também para o mercado de renda fixa, com investidores externos se antecipando à perspectiva majoritária de alta de, pelo menos, 0,75 ponto da Selic na quarta, para 4,25%, que deve aumentar o diferencial de juros interno e externo, uma vez que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) tende a manter os juros dos Fed Funds inalterados na faixa de 0% a 0,25%.

A mínima coincidiu ainda com a notícia de que o Senado pautou a Medida Provisória da Eletrobras, que abre caminho para a privatização, para quarta-feira no plenário.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

dólar