Economia

Dólar amplia queda a R$ 4,1036 com desmonte de compra por otimismo com Brasil

Crédito: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O dólar renovou a mínima em R$ 4,1036 (-0,37%) no mercado à vista, pressionado pela continuidade do movimento de desmonte de posições cambiais no mercado futuro, que também levou o dólar mais líquido, para janeiro de 2020, a registrar mínima nova em R$ 4,1060 (-0,50%), disse um operador de uma corretora.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

O pano de fundos das ofertas é o otimismo retomado com Brasil após vários indicadores de atividade positivos, como a alta hoje do volume de serviços prestados em outubro, além da melhora da perspectiva do rating do País pela S&P, disse a fonte.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

dólar