Esportes

Dois medalhistas olímpicos russos acusados de doping graças ao relatório McLaren

Quatro ex-atletas russos, dois deles medalhistas olímpicos, foram acusados de doping graças às evidências fornecidas pelo relatório McLaren, informou nesta sexta-feira a Unidade de Integridade de Atletismo (AIU).

Andrey Silnov, medalha de ouro no salto em altura em Pequim-2008, Natalia Antyukh, vencedora dos 400m com obstáculos em Londres- 2012, Yelena Soboleva, vice-campeã mundial em 2007 nos 800 metros, e Oksana Kondratyeva, atleta do arremesso de martelo, foram acusados de doping pela AIU e seus casos serão julgados em primeira instância pelo Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS).

O relatório do jurista canadense Richard McLaren, solicitado pela Agência Mundial Antidopagem, revelou em 2016 o sistema institucionalizado de doping na Rússia, com a falsificação do resultado de mais de 500 testes de doping, que deram positivo, no laboratório de Moscou, o centro do escândalo.

rg/pm/lca/cc

+ Exclusivo: como Prost fez Senna perder o contrato com a Ferrari

Veja também

+ Marco Pigossi sobre reprise da novela Fina Estampa: “Tinha que ser proibida de ser reprisada”

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

atletismo doping RUS