Mundo

Dois franceses suspeitos de espiar para a China comparecerão ao tribunal da França

Dois ex-agentes secretos franceses, suspeitos de ter colaborado com os serviços chineses se sentarão a partir de segunda-feira no banco em um julgamento incomum na França.

Pierre-Marie H. e Henri M. são acusados de “fornecer informações a uma potência estrangeira”, “ataque aos interesses fundamentais dos interesses da nação” e “inteligência com uma potência estrangeira”. Os dois homens trabalhavam para a Direção Geral da Segurança Estrangeira (DGSE), o serviço de espionagem francês e podem ser condenados a 15 anos de prisão.

Os ex-agentes foram indiciados e detidos provisoriamente em dezembro de 2017, quando já estavam aposentados. Pierre-Marie H. foi libertado posteriormente sob controle judicial. Sua esposa Laurence H., também será julgada por “encobrimento”.

Comparecerão perante um tribunal especial, composto unicamente por magistrados professionais. Mas este caso altamente sensível provavelmente será julgado a portas fechadas devido aos riscos de liberar informações classificadas.

Quando foi revelado em maio de 2018, as autoridades francesas falaram de um caso de “extrema gravidade”. Os dois acusados são “suspeitos de terem cometido atos que poderiam ser classificados como atos de traição (…) e de pôr em risco os segredos da defesa nacional”, disse a ministra da Defesa Florence Parly.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

O veredicto será anunciado em 10 de julho.

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?