Esportes

Dois campeões olímpicos da Rússia estão entre quatro novos casos de doping

Dois medalhistas de ouro olímpicos estão entre os quatro novos casos de doping no atletismo da Rússia. São eles: Andrei Silnov, campeão no salto em altura, em Pequim-2008, e Natalya Antyukh, primeira colocada nos 400 metros com obstáculos, em Londres-2012. Ambos são acusados de usarem produtos proibidos.

A Unidade de Integridade de Atletismo (AIU, sigla em inglês) informou, nesta sexta-feita, que os casos foram baseados em uma investigação no doping russo pela Agência Mundial Antidoping apresentada em 2016 pelo advogado canadense Richard McLaren.

Silnov foi o vice-presidente da Federação Russa de Atletismo até em junho passado, quando deixou o cargo, ao ter seu nome citado em uma investigação da AIU. A entidade apontou a suspeita do ex-atleta ter usado esteroide anabolizante.

Os outros dois atletas acusados são Yelena Soboleva, que ganhou uma medalha de prata nos 1.500 metros no Campeonato Mundial Indoor de 2006, e Oksana Kondratyeva, ex-arremessadora de martelo.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?