Istoé em Tóquio

Do Campeonato Brasileiro Juvenil à medalha garantida em Tóquio: conheça a história de Abner Teixeira

Quando se mudou para Sorocaba, cidade no interior de São Paulo, Abner conheceu o projeto social 'Boxe - Mãos para o futuro', que mudou sua vida

Do Campeonato Brasileiro Juvenil à medalha garantida em Tóquio: conheça a história de Abner Teixeira

Abner Teixeira quer comprar a casa própria para a mãe (Foto: LUIS ROBAYO / AFP)


Ao derrotar o jordaniano Hussein Iashaish, na manhã desta sexta-feira, o pugilista Abner Teixeira garantiu mais uma medalha para o Brasil na Olimpíada de Tóquio. Isso porque o brasileiro avançou para as semifinais do boxe, modalidade que não tem disputa do terceiro lugar. Dessa forma, Teixeira já conquistou, no mínimo, o bronze na categoria dos pesados (entre 81kg e 91kg).

+ Abner Teixeira vai à semifinal no boxe e garante ao menos bronze para o Brasil

+ Boxe: Beatriz Ferreira vence com facilidade e avança às quartas de final

+ Emocionada, Marta evita falar sobre fim de ciclo na Seleção Feminina

Abner Teixeira nasceu em Osasco, mas logo se mudou para Sorocaba, cidade no interior de São Paulo, onde conheceu, com apenas 14 anos, um o projeto social “Boxe – Mãos para o futuro”, do professor Vladimir Godoi. Neste dia, como informa o site da Confederação Brasileira de Boxe (CBB), Abner não treinou, mas logo iria. A referência do jovem Abner nos esportes, inclusive, era Anderson Silva, ex-lutador do UFC.

Embora tivesse que caminhar quase seis quilômetros para chegar até a academia, Abner se destacava nos treinos. Assim, conseguiu traduzir esse bom desempenho em conquistas e resultados importantes. O pugilista foi duas vezes campeão brasileiro na categoria juvenil (2013 e 2014), duas vezes campeão na categoria elite (2015 e 2016) e ouro no torneio Sul-Sudeste.

Em entrevista ao site ge, Abner revelou que não tinha pretensão de ser atleta ou de fazer faculdade. No entanto, Vladimir Godoi lhe instruiu a ingressar em uma universidade, avançar nos estudos para ser um “cidadão melhor”.

“O projeto social proporcionou tudo isso. Comecei a treinar por curiosidade, era meio sedentário e não fazia muita coisa. Queria fazer alguma coisa para me mexer e comecei a fazer boxe. Participei de uma peneira que teve em uma academia aqui de Sorocaba, mais de 70 atletas estavam nesta peneira, que foi descobrindo vários talentos”, contou ao site.

A ascensão na carreira o levou para a Olimpíada do Rio, em 2016, e também para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, onde conquistou a medalha de bronze. Agora, em 2021, aos 24 anos, ele tem chance de conquistar o ouro olímpico, em Tóquio. Para isso, o canhoto de 1,93m precisa derrotar o cubano Julio la Cruz na próxima terça-feira.

Antes de Abner, ao longo da história em Olimpíadas, o Brasil tinha apenas quatro medalhas no boxe: na Cidade do México, em 1986, Servílio de Oliveira conquistou o bronze; em Londres, em 2012, Adriana Araújo conquistou o bronze, assim como Yamaguchi Falcão, também na mesma edição; ainda em Londres, Esquiva Falcão garantiu a medalha de prata.

Além do pódio, os planos de Abner estão na família. De acordo com o pugilista, as metas à longo prazo são ser campeão mundial e campeão olímpico. Todavia, ao falar sobre o longo prazo, ele destacou que sonhar em comprar uma casa própria para a mãe e da um futuro melhor para ela.

“Estou trabalhando para isso, comprar uma casa para minha mãe. Ela nunca teve uma casa própria e quero dar essa alegria para ela. As metas imediatas são ser campeão olímpico e campeão mundial. Os dois vão ser neste ano, e, a longo prazo, comprar a casa para minha mãe e dar um futuro melhor para ela”, disse Abner, em entrevista ao “G1”.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio