Esportes

Disputa de Renato, Romário e Túlio pela coroa de Rei do Rio é narrada em livro

O gol de barriga de Renato Gaúcho contra o Flamengo é o ato final de um Campeonato Carioca histórico que completa 25 anos nesta quinta-feira. Graças à rivalidade de Renato (Fluminense), Romário (Flamengo) e Túlio Maravilha (Botafogo), o Estadual do Rio de 1995 foi um dos mais emocionantes das últimas décadas. Histórias inéditas, curiosidades e bastidores daquela disputa são narrados no recém-lançado livro-reportagem “Reis do Rio”, do jornalista André Baibich, repórter do jornal Zero Hora entre 2012 e 2018.

No livro, o leitor saberá que Romário se preparava para pendurar as chuteiras caso o Flamengo tivesse conquistado o título, em uma espécie de fim triunfal da carreira. A derrota, no entanto, o fez voltar atrás. Também há detalhes da comemoração do título do Flu, quando Renato Gaúcho bebeu nada menos do que 30 chopes (sempre sem colarinho, como é de seu gosto até hoje).

“A conquista do Fluminense é uma das grandes histórias do livro, mas não a única. Não é uma obra voltada somente para o torcedor tricolor que quer relembrar aquela conquista. É para quem gosta de futebol e de tudo que o envolve”, conta o autor, que levou um ano e meio entre o início da apuração e a publicação do livro. Só de entrevistas foram 28, com jogadores, dirigentes, técnicos e jornalistas.

Em busca da coroa simbólica do Rio, Renato, Romário e Túlio não pouparam provocações entre si, frases bem-humoradas, lances geniais e muitos gols. Era uma época em que os jogadores costumavam fazer gozações com os rivais a cada rodada. Após uma vitória contra o Flamengo na fase inicial do Campeonato Carioca, Renato Gaúcho protagonizou uma reportagem na qual andava pelas ruas do Rio à procura de Romário para provocá-lo pelo resultado do dia anterior. Passou pela praia, pela casa do Baixinho e foi até a Gávea.

Túlio não chegou à final do campeonato, mas também teve papel de destaque no torneio. O atacante botafoguense estava no auge. De atração no Domingão do Faustão, chegou até a receber convite da extinta TV Manchete para participar da novela Tocaia Grande.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

A grande decisão, realizada no Maracanã no dia 25 de junho de 1995, é apontada por muitos como o maior de todos os Fla-Flus. E não é por menos. São muitos os ingredientes que tornaram aquele jogo memorável: a temporada marcava o centenário do Flamengo, Romário conquistara a Copa do Mundo no ano anterior, a torcida rubro-negra planejava fazer um foguetório em frente à concentração do Fluminense, que escapou para outro hotel no meio da noite… O Flu de Renato, então azarão no início do Carioca, acabou ficando com a taça.

“A história daquele campeonato é uma ode a um futebol que não existe mais, com destaque para três dos mais ricos personagens do nosso esporte. Parece ter sido feita para quem aprecia a bola e o gol, independentemente das cores que o comemoram”, diz Baibich.

O livro Reis do Rio está à venda no Clube de Autores, através do link bit.ly/reisdorio. A versão impressa custa R$ 40,41. O e-book sai por R$ 12,92.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?