Esportes

Disney demite executivos do Fox Sports e aumenta rumores sobre fim do canal

Emissora já perdeu programas, funcionários e até identidade digital desde a fusão

Disney demite executivos do Fox Sports e aumenta rumores sobre fim do canal

O fim do Fox Sports pode estar cada vez mais próximo. A Disney demitiu três executivos do alto comando do canal nesta segunda-feira e aumentou os rumores do fim do canal em breve. Ao todo, Marcio Moron (general manager), Paula Young (diretora artística) e Luis Santos (VP de engenharia) foram dispensados pela empresa. A informação foi publicada pelo jornalista Flavio Ricco e confirmada pelo LANCE!.

Marcio Moron era considerado o chefão dos canais Fox Sports e estava na emissora desde seu início, em 2011. Além disso, ele era braço direito de Eduardo Zebini, ex-VP geral do canal e responsável pelas operações do canal antes da compra da Disney. Nos bastidores, Moron era considerado uma peça chave da emissora e foi um dos grandes responsáveis pelo crescimento da marca no Brasil.

Procurada pelo LANCE!, a Disney confirmou as demissões e emitiu um comunicado sobre a decisão. Em nota, a empresa citou um processo de transformação para oferecer e afirmou que a reformulação faz parte do planejamento.

– Nosso pilar de esportes está passando por um processo de transformação para oferecer um conteúdo ainda mais variado e qualificado para a audiência do Brasil. A reformulação faz parte do planejamento da Companhia que seguirá investindo em sua programação esportiva, contando com um extenso portfólio de direitos, além de uma equipe de jornalismo referência junto aos fãs de esportes – diz a nota.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Início do fim?

Os rumores do fim dos canais Fox Sports estão cada vez maiores. Programas cancelados, sede do Rio de Janeiro sendo desocupada e funcionários sendo demitidos aumentam a preocupação nos bastidores, que não é pouca.

Desde que a fusão foi aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), foi estabelecido que o Fox Sports terá que ficar no ar até o dia 31 de dezembro de 2021. A partir desta data, caso tenha interesse, a Disney estaria livre para devolver a marca ao mercado.

Desde então, a Disney, de forma silenciosa, vem diminuindo as operações do canal no Brasil. A parte digital da Fox migrou para a ESPN, programas tidos como carros-chefe, como o “Central Fox”, chegaram ao fim. Além disso, até a música do canal parou de ser utilizada.

*Estagiário, sob supervisão de Tadeu Rocha.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Veja o significado dos 10 sonhos mais comuns
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel