Esportes

Discípulo de Bielsa, técnico do Paraguai sonha com zebra e já goleou o Barcelona

O Paraguai levará para o jogo contra o Brasil, nesta quinta-feira, em Porto Alegre, pela Copa América, um pouco de influência do futebol argentino e da genialidade do treinador Marcelo Bielsa. A equipe adversária da seleção brasileira tem como técnico Eduardo Berizzo, pupilo do badalado ex-técnico da seleção argentina e marcado na carreira por um bom trabalho no comando do Celta de Vigo, da Espanha, há alguns anos.

A relação entre Berizzo e Bielsa remonta ao início da década de 1990. Os dois são da região de Rosário e trabalharam juntos no Newell’s Old Boys, onde foram campeões nacionais duas vezes. Berizzo era zagueiro e Bielsa atuava com o técnico do time que ainda fez uma histórica campanha na Copa Libertadores de 1992. O clube rubro-negro chegou à decisão, mas perdeu a taça para o São Paulo após ser derrotado nos pênaltis, no Morumbi.

Berizzo tinha como colegas no Newell’s outros jogadores que se tornaram técnicos renomados. Mauricio Pochettino, atualmente no Tottenham, assim como Gerardo Martino, ex-Barcelona e Argentina e atual comandante do México, também completavam aquele elenco. Depois daquele trabalho, Bielsa fez sucesso no Vélez Sarsfield, comandou a Argentina e dirige agora o Leeds United, da Inglaterra.

A dupla Berizzo e Bielsa trabalhou junta ainda por três anos na seleção chilena. O ex-zagueiro virou auxiliar do treinador e participou do projeto que levou o Chile em 2010 de volta à disputa de uma Copa do Mundo depois de 12 anos de ausência. Os dois se separaram no ano seguinte, quando o ex-defensor iniciou a carreira de técnico, mas ainda no futebol argentino.

O grande trabalho do treinador Berizzo foi na Espanha, pelo Celta de Vigo, entre 2014 e 2017. Apesar de liderar uma equipe modesta, conseguiu em setembro de 2015 bater por 4 a 1 o grande Barcelona do trio formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar dentro de casa, pelo Campeonato Espanhol. O time da Galícia terminou a temporada na sexta posição e se classificou para a Liga Europa.

Berizzo chegou ao Paraguai em fevereiro, depois de Juan Carlos Osorio pedir demissão. O treinador não conquistou resultados convincentes pela seleção, porém sonha contra o Brasil, na Arena do Grêmio, conseguir um surpreendente triunfo, assim como fez com o Celta ante o poderoso Barcelona.