Brasil

Dilma diz para PF que “nunca ouviu falar” de conta aberta no exterior por Joesley

Crédito: AFP

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse à Polícia Federal que “nunca ouviu falar” de conta aberta no exterior pelo empresário Joesley Batista e negou que tenha comprado apoio político de senadores pelo grupo J&F, conforme relatado em delação premiada pelo empresário. As informações são do jornal O Globo.

A ex-presidente disse ainda que “não determinou a abertura de contas bancárias e jamais teve conversas relacionadas a esse tema”. Dilma foi ouvida por um delegado da PF como parte da Operação Alaska. Ela foi deflagrada em novembro de 2019 e chegou a pedir a prisão da petista, que foi negada pelo ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF).

Joesley disse em delação premiada que  acertou a abertura de contas no exterior com o então ministro da Fazenda Guido Mantega para depositar valores de propina destinados ao ex-presidente Lula e à ex-presidente Dilma, referentes a recursos oferecidos pelo BNDES para a  JBS.

 


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago