Esportes

Diego Souza reconhece atuação ruim do Grêmio

Atleta admitiu que o Tricolor não conseguiu implementar o seu estilo de jogo

Diego Souza reconhece atuação ruim do Grêmio

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Na noite desta quarta-feira, o Grêmio acabou superado por 2 a 0 pela Universidad Católica e viu a sua situação ficar complicada na Libertadores, já que permanece com 4 pontos e vê os rivais colarem na tabela de classificação do grupo E.

Referência no ataque gremista, Diego Souza analisou a atuação ruim no território chileno e pediu reação para o jogo contra o Inter.

‘Não conseguimos implementar nossa maneira de jogo e isso dificultou bastante que tenhamos sucesso na partida’, analisou o atacante, antes de completar:

‘O grupo tá embolado e temos mais um jogo difícil na próxima rodada. Temos que rapidamente digerir esta derrota e trabalhar para conseguir uma vitória’.

O Grêmio volta a campo pela Libertadores na próxima semana, quando visita o Internacional, no Beira-Rio.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Último superjumbo Airbus A380 é montado na França

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea