Esportes

Diego Hypólito é 40º e fica longe da final do solo na etapa de Doha

Crédito: Divulgação

Diego Hypólito decepcionou nesta quarta-feira na etapa de Doha da Copa do Mundo por Aparelhos. O ginasta brasileiro participou do qualificatório do solo no evento no Catar e ficou distante da briga por uma vaga na final ao concluir a disputa apenas na 40ª posição, com a nota 11,700.

O evento em Doha foi apenas o segundo de Diego Hypólito após brilhar na Olimpíada do Rio, em 2016, com a conquista de uma medalha de prata. Por causa de lesões, o brasileiro só voltou a competir na semana passada, na etapa de Baku da Copa do Mundo, também não indo além do qualificatório.

“Infelizmente, o Diego não foi bem e voltou a apresentar o mesmo deslize que cometeu em Baku. Agora, temos que trabalhar muito e estudar quais serão as possíveis competições para ele disputar”, afirmou o treinador Ricardo Yokoyama.

Ter um bom desempenho nas etapas da Copa do Mundo é importante porque os eventos agora são classificatórios para os Jogos de Tóquio, em 2020. E para pontuar no ranking olímpico, o brasileiro precisava ficar entre os 12 primeiros colocados em Doha, sendo que ele foi o único representante do País nessa competição.

Até fechamento do ranking olímpico, ainda serão realizadas mais quatro etapas da Copa do Mundo que dão pontos para o classificatório. E os três melhores resultados de cada ginasta nos respectivos aparelhos serão levados, contabilizando as temporadas 2018/2019 e 2019/2020. O melhor ginasta em cada aparelho nesta classificação irá para a Olimpíada.