Esportes

Diego Aguirre deixa o Internacional, após 11 vitórias, 12 empates e 12 derrotas


Diego Aguirre não é mais técnico do Internacional. O uruguaio acertou sua saída, nesta quarta-feira, em comum acordo com o clube. Em sua segunda passagem no cargo, o treinador trabalhou em 35 partidas, durante o segundo semestre de 2021, com 11 vitórias, 12 empates e 12 derrotas (42% de aproveitamento).

“O Sport Club Internacional e o técnico Diego Aguirre decidiram em comum acordo pelo fim do contrato de trabalho. Em sua segunda passagem no cargo, o uruguaio trabalhou em 35 partidas, durante o segundo semestre de 2021. Também deixam o clube o auxiliar técnico Juan Verzeri e o preparador físico Fernando Piñatares. O clube agradece pelo profissionalismo e deseja sorte e sucesso na sequência de suas carreiras”, diz a nota do clube nas redes sociais.

No Campeonato Brasileiro, Aguirre levou o Inter à 12ª colocação e sem a vaga na próxima edição da Copa Libertadores. O treinador teve seu nome cotado para assumir a seleção do Uruguai, mas perdeu a disputa para Diego Alonso.

A diretoria do Inter tinha como objetivo trazer de volta Eduardo Coudet, mas o argentino tem contrato com o Celta, da Espanha, até 2024 e multa de 10 milhões de euros (cerca de R$ 62,7 milhões). Eduardo Domínguez, do Colón, Sebastián Beccacece, do Defensa y Justicia, e Roger Machado são outras opções.