Cultura

Dicionário escolhe ‘existencial’ como palavra do ano e cita ‘Toy Story 4’

O dicionário online Dictionary.com elegeu ‘existencial’ como a palavra do ano de 2019. A escolha se baseou na intensidade e frequência de pesquisas sobre o termo ao longo do ano.

Segundo o próprio dicionário, a palavra possui dois significados: “de ou ligado à existência; de, ligado a, ou característico do existencialismo filosófico, preocupado com a natureza da existência humana como determina pelas escolhas de um indivíduo livre”.

Na justificativa da escolha, foram elencados uma série de eventos que estão ligados à palavra: ameaças à nossa existência, crises existenciais e a questão de proteção à existência de ideias e instituições.

Um dos exemplos divulgados chama atenção:

Um dos novos personagens do filme Toy Story 4 é o Garfinho (em inglês, Forky), um garfo de plástico que foi decorado com olhos, braços e pés e acabou tomando vida ao se tornar um brinquedo.

Ao longo do filme, Garfinho passa por uma grande crise existencial, tentando entender se ele é um utensílio doméstico ou um brinquedo, e o que isso significa.

Para o site, o dilema de Garfinho ilustra bem uma das aplicações da palavra escolhida e reflete algo bastante comum hoje em dia: reflexões quanto a nós mesmos e nossa realidade.

“Ela [a palavra existencial] captura um senso de agarrar-se à sobrevivência – figurativa e literal – do nosso planeta, aqueles que amamos e nossos modos de vida”, explicou o site.