PUBLIEDITORIAL

Dia Mundial da Alimentação: refeições chegam à população mais vulnerável por meio de doações

JBS anuncia a doação de 130 toneladas de proteínas com o programa Fazer o Bem Faz Bem ao longo de 2021

Dia Mundial da Alimentação: refeições chegam à população mais vulnerável por meio de doações

O trabalho realizado por ONGs e entidades em favor do acesso à alimentação segura para toda a população ganha cada vez mais destaque no Brasil. Entre os exemplos bem-sucedidos estão os projetos do G10 Favelas, organização sem fins lucrativos comandada por líderes e empreendedores de impacto social e que conta com mais de 300 favelas beneficiadas por suas iniciativas.

Na busca por proporcionar acesso a uma alimentação de qualidade às pessoas em situação de vulnerabilidade, o G10 criou o projeto Mãos de Maria, que conta com cozinheiras capacitadas pela coordenação da iniciativa para preparar a comida que é distribuída para os moradores. Cerca de 100 delas fazem esse trabalho dentro de suas próprias casas, graças à doação de cozinhas pela organização.

Gilson Rodrigues, presidente do G10 Favelas, conta que a ONG está entre as entidades auxiliadas pelo projeto Fazer o Bem Faz Bem, da JBS, segunda maior empresa de alimentos e líder global do setor de proteína. Segundo ele, a doação feita pela companhia dá o exemplo e inspira outras empresas para que o país se torne menos desigual. “A ação da JBS serve de estímulo para que outras grandes companhias ajudem a oferecer uma alimentação segura para as pessoas mais vulneráveis. Eu acredito muito no exemplo como processo de mudança e inspiração”.

Rodrigues ressalta que as doações trazem fôlego e esperança para que possa continuar seguindo em busca de alternativas, por meio do empreendedorismo, aumentando cada vez mais o acesso à alimentação segura.

Participação do setor privado
A alimentação segura tem um espaço importante na agenda de responsabilidade social das empresas que têm desempenhado um papel relevante nesse cenário, como é o caso da JBS.

O tema está ainda mais evidente por conta do Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 de outubro. Para celebrar a data, a JBS anuncia a doação de 130 toneladas de proteínas ao longo deste ano, somando 533 toneladas no biênio 2020/2021, o que equivale a 5,3 milhões de refeições.

O G10 Favelas integra o grupo de instituições do terceiro setor que receberá doações em proteínas por parte da JBS neste ano, incluindo o Ação Cidadania, Amigos do Bem, Child Fund, Escola de Gastronomia Social, Grupo Sol, Instituto Capim Santo e Gastromotiva.

“Por meio do programa Fazer o Bem Faz Bem, investimos R$ 400 milhões no enfrentamento da Covid-19 e seus impactos, o que inclui iniciativas em saúde pública, pesquisa científica e ações de combate à fome”, conta Fernando Meller, gestor do programa. As doações são realizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Piauí, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Maranhão, Pernambuco, Pará e Paraíba, além do Distrito Federal.