O Dia

DHBF cumpre 22 mandados de prisão contra bando especializado em furto de combustível

Morte de pré candidato a vereador estaria ligada à atividades da organização criminosa

Rio – A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) cumpre 22 mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira, em Duque de Caxias. A operação investiga a morte do pré-candidato à vereador Sérgio da Conceição de Almeida Júnior, conhecido na época como Berém do Pilar e relaciona o crime à uma organização especializada em furtar combustível. O assassinato aconteceu em 2016.
Até o momento, foram apreendidos quatro fuzis e uma pistola na casa do vereador Cláudio Thomaz. Vários caminhões estão sendo vistoriados. Também serão utilizados mecanismos de inteligência, com a utilização de drones para mapeamento da área.
De acordo com a investigação, comandada pelo titular Moysés Santana, parte do lucro obtido na atividade criminosa é utilizado para financiamento de campanhas políticas. Por conta disso, segundo a DHBF, há agentes públicos do município de Duque de Caxias envolvidos no esquema.
Segundo a DHBF, a atividade de furto, conhecida como “bica”, resultou em uma série de homicídios em Duque de Caxias. A área é considerada estratégia pelo grupo criminoso por conta da proximidade com a Refinaria (Reduc).
Além da Polícia Civil, participam da ação a Agência Nacional de Petróleo (ANP), o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a Petrobras e sua subsidiária Transpetro e oGrupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Galeria de Fotos



Caminhões serão vistoriados

Divulgação/Polícia Civil


Material apreendido

Divulgação/Polícia Civil


Caminhões serão vistoriados

Divulgação/Polícia Civil