Geral

DF: Policial militar mata companheira a tiros e comete suicídio

Crédito: Reprodução/ Facebook

O policial militar Ricardo dos Santos Beserra, de 42 anos, matou a esposa Adriana Valéria Alves S. Oliveira, 46 anos, e tirou a própria vida, em Ceilândia Sul, no Distrito Federal. O caso aconteceu neste sábado (6), por volta das 8h, e está sendo investigado pela Polícia Civil. As informações são do jornal Correio Braziliense.

De acordo com a Polícia Militar, o irmão da vítima havia chegado na casa dela e se deparado com os corpos. O Corpo de Bombeiros foi até o local e confirmou os dois óbitos. Uma perícia está sendo realizada para entender o caso.

Segundo os vizinhos, tiros foram escutados durante a madrugada. O casal tinha dois filhos. Familiares afirmaram que os dois se casaram em 2011, chegaram a passar por um divórcio, mas estavam juntos novamente. Ricardo já teria tido reações violentas antes.

No local do crime, a polícia encontrou uma pistola calibre 40. Pessoas próximas ao policial militar afirmaram que Ricardo havia pedido afastamento da corporação recentemente para tratar um quadro de depressão.

Em nota, a Policia Militar do Distrito Federal informou que Ricardo era lotado no Departamento de Logística e Finanças. Ainda segundo a PMDF, não há informações sobre a existência ou não de afastamento médico.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior